É, menino

19:17

é, menino
lembro de quando te vi
naquela mesa no bar
– quanto encanto em ti!
(me) encontrei
faz tanto tempo
faz tantos versos
poesia
desenhada em cada linha
com letra cursiva e pincel

é, menino
agora eu te vejo aqui
tão perto
sentado comigo vendo a chuva cair
e eu que já não bebo mais
e eu que já não fumo mais
e eu que já nem sei mais de mim
sei de ti, menino
sei que de ti não quero sair

Você também pode gostar

0 comentários